A Leitura para bebês: do Berço a Escola

Tempo de leitura: 2 minutos

As praticas de promoção de leitura para bebês – onde se incluem as crianças muito pequenas de 0 a 6 anos – já estão em marcha em diversos países desenvolvidos, portanto não fique de fora desse habito e promova você mesmo a leitura para bebê: do berço a escola.

bebes-e-a-leitura-02

A família – A prática da leitura para bebês deve iniciar-se muito antes do ingresso da sua formalização com a entrada da criança na creche. A sensibilização a esse hábito deve iniciar-se o mais cedo possível pela própria família (pais e mãe).

Os pais devem além disso, funcionar como exemplos e modelos de leitores e o livro e a leitura devem surgir naturalmente em casa, associados a momentos de prazer, de encontro e de afetividade.

bebes-e-a-leitura-03

Sugestões de atividades – Há quem defenda que a leitura para bebês deve começar no berço, pois a criança começa a aprender a ler muito antes de saber ler. O contato assíduo com livros e histórias, bem como com canções e jogos com palavras colaboram com o desenvolvimento de competências importantes que ajudarão no futuro a ampliar a capacidade e a velocidade de aprendizado do indivíduo.

Entre as principais funções dos livros e da literatura para as crianças estão as seguintes:

  • Formar a criança, transmitindo-lhe conceitos relevantes e valores diferenciados;
  • Divertir e Entreter a criança;
  • Desenvolver competências sociais e linguísticas, narrativas e literárias muito importante para a formação do indivíduo.

A promoção de atividades de leitura deve ter em conta os interesses leitores da criança decorrentes da etapa evolutiva em que se encontram.

As sugestões a seguir tem um valor indicativo e terão de ser adaptadas ao perfil individual do leitor infantil:

  1. De 0 a 6 meses: são adequados livros moles e macios (por exemplo de tecido) que possibilitam a manipulação segura. Nesta fase deve apresentar o conteúdo descrito em canções de embalar e outras rimas infantis que apelem para a gestualidade (rimas de conhecimento de parte do rosto e corpo, e etc …)
  2. 6-12 meses: introduzem-se os livros jogos (por exemplo com peças para encaixar), sendo aconselháveis os que apresentam imagens de objetos, animais e pessoas
  3. 1-2 anos: são apropriados livros com formatos e com registros visuais diversos (no estilo e na técnica das ilustrações) fomentando-se uma leitura das imagens.
  4. 2-3 anos: inicia-se a apresentação das primeiras narrativas sequenciadas, que devem ser lidas repetidamente, com pausas que possibilitem as questões e interpelações por parte das crianças (ela deve ser motivada e expressar-se sobre o que ouve e lê no livro)

bebes-e-a-leitura-04

Conclusões: A presença de livros em vários compartimentos da casa e o seu acesso fácil por parte da criança, desde a tenra idade, facilita também a exposição a leitura e o interesse pelos livros.

Fonte: Leitura do berço ao recreio autores: Ana Margarida Ramos e Sara Reis da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *